O Vidro Plano no Brasil

    A história do vidro plano no Brasil e no mundo teve uma evolução espetacular na segunda metade do século 20.

    Foi do vidro estirado ao vidro float, da têmpera vertical à horizontal, da têmpera plana à de curvas complexas, rumou para vidros laminados. refletivos para controle solar, vidros de baixa emissividade, vidros duplos para controle termoacústico, vidros autolimpantes e outras tantas evoluções.

     

    Acompanhe aqui, capítulo a capítulo, a história do vidro plano no Brasil:

     

    1. História do Vidro na Arquitetura Brasileira

    Precioso e raro na colônia, o vidro plano popularizou-se no século 20 e hoje empresta luxo e modernidade às mais belas construções arquitetônicas.

    2.  A História Pré-Industrial do Vidro no Brasil

    Da Antiguidade a Bizâncio, de artefatos romanos aos vitrais da Idade Média, é longo o caminho da fabricação do vidro até chegar ao Brasil.

    3. Rumo à Industrialização

    A era Vargas e a modernização industrial

    4. O Grande Salto Industrial

    O desenvolvimento dos anos JK, o avanço industrial no setor automotivo brasileiro, o crescimento econômico dos anos 1970 têm reflexo também na indústria do vidro.

    5. A Revolução do Float

    A revolução tecnológica do vidro, promovida na Europa nos anos 50, chega ao Brasil com a constituição da Cebrace. O país passa a produzir seu próprio vidro float.

    6. Crescimento e Diversificação

    Na era da globalização, a indústria de vidro plano no Brasil alcança os mais eficientes patamares de qualidade e iguala-se aos grandes produtores mundiais.

    7. Presente e Futuro

    Ampliam-se as instalações, investe-se em tecnologia para atender a um mercado em expansão, cria-se nas fábricas o vidro "inteligente". O promissor futuro do vidro plano no Brasil já começou.

    8. Breve Cronologia